KMenezes_CP_0064.jpg

POSTS

Buscar
  • Dr. Lucas Barbosa

Varizes voltam depois do tratamento?

Atualizado: 4 de abr.

Ninguém deseja fazer qualquer procedimento à toa, certo? Gastar tempo, dinheiro e no final parecer que não teve sucesso. Esse receio leva muitas pessoas a acreditarem que tratar varizes simplesmente não vale a pena.



Para começar - não há cura para varizes. Não existe nenhum tipo de remédio ou procedimento que elimine para sempre as varizes de uma pessoa. É uma doença crônica, sejam varizes maiores ou vasinhos, a tendência será de formar novas áreas com o passar do tempo. Perceba que o termo que usei foi "formar novas", ou seja, uma vez que elas são eliminadas, o que ocorre é a evolução natural da doença, com novos focos surgindo em áreas distintas ou mesmo próximas.


Uma informação importante é que as varizes se acumulam, deixando de ser um problema estético, passando a apresentar dor, peso, inchaço e podendo atingir complicações graves, como úlceras (feridas nas pernas), flebites e trombose. O objetivo primário do médico vascular é impedir que o paciente atinja essas versões graves.


Num ciclo de tratamento, meu objetivo é estudar ao máximo aquele paciente, identificar safenas, varizes, nutridoras e vasinhos que os incomode, corrigindo a saúde e também melhorando visualmente. Uma vantagem dos tratamentos mais modernos é serem muito menos invasivos, dispensando a cirurgia de cortes, utilizando Laser, Espuma, Escleroterapia, a depender de cada caso. Saúde e estética andam juntas na vascular. Uma vez tratado, o paciente tem "alta" desse ciclo de acompanhamento. Agora entra a palavra-chave: MANUTENÇÃO.




É importante que aqueles que têm uma tendência a formação de varizes e vasinhos façam manutenções, em geral anualmente, quando há poucas novas áreas, tornando o acompanhamento muito mais simples, rápido e menos oneroso. Não há, ainda, uma solução diferente. Variações existem - pessoas que passam 3, 4 anos sem tratar e continuam bem, e outras que em 6 meses percebem uma piora. Por que isso ocorre? Em alguns casos percebemos nutridoras que não foram abordadas, o Doppler revela uma safena que não foi identificada, mas a verdade é que nem sempre sabemos. Fatores nutricionais, genéticos, hormonais e posturais influenciam enormemente na formação de novos vasos, então ter um vascular de confiança é importante para manter uma boa saúde e um bom visual das pernas.


Dr. Lucas Barbosa atende no Setor Vascular da Clínica Patricia Holderbaum, na cidade de Canoas - RS. Para agendamento, clique aqui: http://bit.ly/consulta_drlucas ou visite o Instagram @drlucasbarbosa e use a caixinha tira-dúvidas dos stories.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo